Da escravidão à (im)possibilidade da cidadania

Ementa:

A renovação nas abordagens sobre a escravidão no Brasil culmina, atualmente, em uma historiografia multifacetada. O sistema escravista e a ação dos escravizados, assim como são parte do mesmo cenário, podem significar campos dicotômicos. Dessa forma, a condição escrava foi reinterpretada, especialmente, a partir do entendimento do negro como agente do processo histórico. Contudo, esse mesmo sujeito, após a abolição oficial, foi invisibilizado, pois foram e são várias as (im)possibilidades de adentrarem na sociedade como cidadãos. É sobre esse longo percurso da escravidão no Brasil, que se trata esta sessão temática. Aqui pretende-se discutir diferentes temáticas sobre a escravidão, bem como os reflexos dela na formação da sociedade brasileira até o
presente momento.

Organizadoras:

ELAINE LEONARA DE VARGAS SODRÉ (HISTÓRIA – UFVJM), LUCIANA LOPES DOS SANTOS (HISTÓRIA – UFVJM)

CLIQUE AQUI PARA FAZER SUA INSCRIÇÃO